Sunday, August 31, 2008

Eu quis dizer, você não quis escutar que há flores por todos os lados


Quer ver uma louquinha cantando a plenos pulmões e pulando feito uma perereca no meio da sala (fazendo jus ao apelido de adolescência)?

Pois então devia ter me visto (ou será "assistido") hoje (domingo) vendo o Faustão (sim, eu sei... :P) quando o Paralamas e o(s) Titãs tocaram numa apresentação me-mo-rá-vel! Cada sucesso dos anos 80 que eles iniciavam eu (e, acrescente-se a isso, toda a platéia lá no teatro) eu ia à loucura porque, gente, eles são fantásticos! E não falo só do Herbert Viana com sua recuperação digna de filme concorrendo ao Oscar de melhor roteiro dramático, falo das duas bandas como um todo. As músicas, seja de um ou outro grupo, se tornaram clássicos atemporais e desafio qualquer um a tentar resistir sequer aos primeiros acordes de, por exempçlo, "Meu Erro". Não dá.

Eu tentei e, como já confessei desde as primeiras linhas deste post, fracassei redondamente. E quer saber? Foi muito booooooooom! Não só pela trip down memory lane que as músicas proporcionaram, mas pelo simples prazer de cantar bem alto e dançar muito ao som de uma música boa, coisa que, convenhamos, está raro hoje em dia.

Por isso, viva Paralamas! Viva Titãs!

Friday, August 29, 2008

And I mean it... ;)


Visit MyCoolEspacio.com

E tem como resistir? ;)
EU não consegui: tive que postar. E você, vai "arriscar" a ira da ferinha aí...?

That's a wrap!

E, voltando de um encontro sobre gênero (Fazendo Gênero 8), com mais de 2000 participantes, não podia deixar de dar um fechamento para Pequim 2008.



Valeu, meninas! Vocês foram DE-MAIS!!!

Londres 2012, nos aguarde... ;)

Saturday, August 23, 2008

Dumbices

HAhaHAHahAHahAHhaHAHa!!!!

Não consegui parar de rir até agora! :D

Broom Hilda by Russell Myers © 2008 Universal Press Syndicate
Courtesy of
GoComics.com

Hit me baby one more time


E veio outraaaaaaaaaaaaa!!!! E das MENINAS!!!

Depois de muuuuuita espera (duas Olimpíadas) e dois bronzes amargos, chegou a vez delas - mais do que mereceida!

O BRASIL É OURO NO VÔLEI FEMININO!!!!



Parabéns, galera e parabéns não só pela medalha, mas por uma verdadeira AULA de voleibol (gente, o que eram os rallies durante a partida??? A bola não caía!). Parabéns também ao técnico Zé Roberto que nos deu o primeiro ouro no vôlei com o time masculino em Barcelona 92 e agora o primeiro (de muitos, I hope!!!) do feminino. O cara é fera. :)

Friday, August 22, 2008

Girl Power!!!

Eu já torcia por ela há anos. Sofri pela injustiça feita a ela (um doping por causa de um creme pós-depilatório que ela passou na perna) e sempre torci pela volta por cima porque eu sabia que ela tinha fibra, alma e coração de campeã. Hoje me senti vingada e minha já antes certeza foi confirmada:

Maurren Maggi, MEDALHA DE OUROOOOOOOOOOOOO!!! E é do BRASIL-IL-IL-IL!!!!



Valeu, menina!!! Girl power forever!!! ;)


Thursday, August 21, 2008

Necessidade Humana

Quando se trata de amigos músicos, eu admito que vivo falando do John, mas hoje vou falar de uma banda daqui mesmo - e quando digo daqui, não é Pelotas, sorry, mas Porto Alegre (o aqui é Rio Grande do Sul céu-sol-sul, terra e cor, BRASIL!) - sobre a qual eu já devia ter falado há muito tempo: Necessidade Humana.

Fora o fato de serem uma galera muuuuuuuuuuito gente-fina (beijo, Sr Kiko!), eles fazem um pop rock com toques de jazz & blues que é TRI-LEGAL. Vale a pena conferir no site deles ou na página da banda no MySpace. Por enquanto, fica só uma "palhinha"... :)

video

PS: Eles estão em negociações para vir tocar em Pelotas e moi aqui tem a honra de ter uma enorme parcela de responsabilidade nisso... ;)

Once in a while...

Nós também sabemos fazer 4X1... ;)


Tuesday, August 19, 2008

Wanna listen to GREAT music?

Aos pouquinhos vou me familiarizando com uns "brinquedinhos" do MySpace, e o último que descobri está ali à esquerda, um pouco abaixo do slideshow com as minhas fotos (sim, nas - poucas - horas vagas sou aspirante a fotógrafa... :P ): um link pra "pedir" pro John vir tocar em Pelotas.

EU SEEEEEEEEEEEI que é praticamente impossível ele se despencar de Montreal até aqui (já até brinquei com ele pra ele vir visitar uns primos que ele tem na Argentina, mas ele disse - com razão!!! - que é unfortunately too damn far from Canada). O objetivo dele com esse link-contador (e tem muita gente com blogs e páginas com o coisinha esse pedindo pra ele ir tocar nas respectivas cidades) é ter uma noção de onde as pessoas ouvem a música dele e gostam. Além disso, lá na América no Norte TUDO vale como medidor de popularidade e, a partir daí, surgem convites pra apresentações, as músicas tem mais chance nas rádios, etc, etc, etc.

So, if you like his music (dá pra conferir aqui), click!
Não demora muito e além de ajudar ele, dá uma força pra mim também, pois sabe como é: a esperança - nesse caso, de ele vir até aqui - é a última que morre... ;)

Monday, August 18, 2008

Vaguely familiar

Alguém aí reconhece a locação da propaganda...? ;)

video


Viva Satolep!!! :D

What's in a name

Hehehe... eu e o meu irmão estamos "tri"--orgulhosos: tem um Márcio e uma Renata nas semi-finais do vôlei de praia.


Espero que os nomes continuem dando sorte e os nossos "xarás" tragam umas medalhinhas pra casa... ;)




Sunday, August 17, 2008

Moving On

Algumas pessoas andaram me perguntando de onde tirei a frase que está no meu profile do Orkut (She's been around the world and she's been thinking / about moving on again...), então resolvi explicar.

Well, ela é do refrão de uma música (quem me conhece sabe que isso era mais ou menos óbvio... :P ), Moving On, composta por aquele meu amigo, o John Nathaniel, mas da época em que ele era o vocalista do Mentake, uma banda equivalente ao Skank só que canadense (com direito a toda a fama, turnê nacional, etc, etc, etc). A banda se separou depois da turnê e o John hoje está em carreira solo, o que foi bom pra ele mas ao mesmo tempo uma pena, pois o som do grupo era bem legal.

Aqui está o clip da música, exibido em uma das entrevistas deles pra uma espécie de MTV de lá. Enjoy it! ;)

video

Friday, August 15, 2008

Golden boy


Bah, até que enfim desencantou e saiu a medalha de ouro do Brasil (sim, porque estava FEIA a coisa... :P )



TODOS os PARABÉNS do MUNDO pro César Cielo. Valeu garoto!


PS: ÓBVIO que me emocionei ouvindo o Hino Nacional. Era o Cielo chorando lá e eu chorando aqui... ;)

Friday, August 08, 2008

Crash and Burn

É muito legal quando a gente pode dividir a felicidade de alguém com a conclusão de um trabalho bem feito. O John, aquele amigo meu músico no Canadá, acaba de ter o trabalho mais recente dele lançado no site iTUNES (que é onde quem é chique, geralmente mora na América do Norte e, óbvio, tem iPod ou Mac pega músicas :P). Ele mandou um video promocional (esse aí embaixo) no qual ele dá uma preview de algumas músicas:


video

Os trechos que aparecem são das músicas (em ordem) Reason to Live, Sleeping With the Enemy, Stay (minha favoritíííííííssima - e dele tb) e Crash and Burn (a primeira de todas a ficar pronta e que eu tb adoro).

Se alguém tiver interesse em comprar as músicas (não vai ser lançado em CD, só em formato digital) mas não tem iPod, além de iTUNES tem em formato mp3 também, daí é só falar comigo que eu explico como faz (ou acessar direto a loja da CDBaby).

E por enquanto eu fico por aqui, festejando também e - claaaaaaaaaaaaaaaaaaaro ;) - ouvindo John Nathaniel.

Tuesday, August 05, 2008

Dawson's time

Há tempos já não me espanto mais com as coincidências que acontecem na minha vida. Estar ouvindo uma música - de um cantor americano! - e passar um clone da figura na rua na mesma hora é fichinha; querer saber que horas vai passar um programa, ligar a TV e dar a chamada pro dito cujo com dia, horário e tudo, ali na lata, também. O que não deixa de me surpreender, porém, é o impacto que certas coincidências acabam tendo, no sentido de com que elas estão relacionadas. Já explico.

Há uns dias atrás liguei a TV a cabo - siiiiiiim, ainda estou refugiada na casa dos meus pais porque não acabaram as arrumações no meu apê... :/ - e estava passando um especial na E! Entertainment Television sobre os atores do Dawson's Creek (como eles eram na época da filmagem da série, como eles foram evoluindo e por onde andam hoje). Só de olhar já me deu uma nostalgia enorme, lembrando das aulas de Inglês com uma turma que era fã de carteirinha da série, de não perder um episódio que fosse, e cuja aula (uma das duas semanais) era exatamente no dia seguinte à exibição pelo Canal Sony. Os dez ou quinze primeiros minutos da aula eram inevitavelmente uma discussão sobre o que tinha acontecido na noite anterior: opiniões, previsões, indignações, aplausos, identificações com personagens e situações, tudo era motivo pra gente conversar, e era muito, muito gostoso (Roooooobs, que saudadeeeee). E o mais legal era que eles ainda prestavam atenção nas FALAS dos personagens (que eram FAN-TÁS-TI-CAS) e depois a gente discutia o que os atores tinham dito, as expressões e palavras novas que os alunos não coneciam e tinham aprendido (pois ééééé... TV também PODE ser cultura!), muito bom mesmo.

Corta a cena e avança para o dia seguinte na minha vida (depois de ver esse especial na E!). Vou tomar café e ligo a TV da cozinha no Canal Sony. Adivinha oque está passando...? YESSSS, Dawson's Creek, e ainda peguei bem na hora que estava terminando o teaser (aquela partezinha que dá antes da abertura e que é uma espécie de "veja-sobre-o que-o-episódio-de-hoje-é") e começando a abertura, essa mesma que está aí embaixo (pena que a pessoa que postou no YouTube cortou a parte de baixo da tela).

video


Quando começou a tocar a música e as imagens começaram a passar na tela foi como uma viagem no tempo em sensações. Por 40 e poucos segundos senti as mesmas coisas que sentia naquela época: uma liberdade recém-conquistada, uma expectativa por uma mundo de coisas melhores e aventuras que se anunciavam, um feeling por dentro querendo explodir de que o mundo e a vida estavam à minha frente para serem conquistados, uma felicidade boba - meio ingênua até - causada por eventos aparentemente insignificantes mas totalmente meaningful no contexto da época, uma sensação de alegria e realização resultante de pura e simplesmente passar tempo conversando com amigos(as) - não, eu não era adolescente na época do Dawson's Creek, mas praticamente me sentia como.

Essa enxurrada de sensações foi tão forte e me pegou - essa sim - tão de surpresa que fiquei sem ar, e depois que terminou a abertura e ficou só o tum-tum da música da Paula Cole tocando no ar e batendo junto com o meu coração acelerado, só pude mesmo sorrir, e passei o resto do dia walking on air, feliz da vida, por ter revivido - ou será re-sentido??? - uma das melhores épocas da minha vida.

PS: ÓBVIO que despois desse resgatei o meu CD (bah, na época nem se falava em mp3 ou baixar músicas!!!) com as músicas da trilha sonora e por uns dias ele tocou direto... ;)